As estratégias dos executivos para resolver problemas

Habilidade é cada vez mais requisitada por recrutadores e pode ser aprendida com dicas de especialistas

Em 2009, Robert Wahbe assumiu o controle de uma divisão da Microsoft com centenas de gerentes e dezenas de milhares de empregados, avaliada em US$ 20 bilhões. Mas havia um enorme problema: um abismo na comunicação entre os departamentos, que resultava na perda de oportunidades e na queda de produtividade.

No cargo de vice-presidente corporativo da divisão de servidores, responsável pelas plataformas de computação da empresa, Wahbe descobriu, por exemplo, que o pessoal de vendas precisava de documentos e estudos de caso para fechar novos acordos com clientes; e que esses documentos eram produzidos pelo departamento de marketing mas nunca chegavam às mãos dos vendedores.

"Era um problema fácil de detectar e de articular, mas resolvê-lo não era tão óbvio", conta Wahbe. "Não havia uma única boa resposta."

A solução foi criar uma intranet para compilar todos os documentos de marketing, enquanto funcionários dos dois departamentos passaram a ter de trabalhar aos pares, melhorando as relações entre eles.

Lições de estratégia

Resolver problemas é uma das habilidades mais importantes de qualquer bom gerente – e algo que a maioria dos recrutadores busca em potenciais candidatos a um emprego. A boa notícia é que se trata de algo que pode ser "aprendido" com o uso de algumas estratégias.

Para Sreedhari Desai, professor da Escola de Administração da Universidade da Carolina do Norte, um bom começo pode ser seguir os passos estabelecidos pelo americano Herbert Simon, prêmio Nobel de Economia.

O primeiro é identificar e expor a raiz do problema, algo que muitos executivos não conseguem fazer. Um exemplo: se seu departamento sofreu uma queda de 20% no orçamento, o truque é descobrir o que causou a perda dos rendimentos que levou ao corte originalmente.

Gerentes devem se preocupar em mostrar que estão no controle da situação

Em seguida, decida qual é a melhor solução possível. Por exemplo, se seu desafio é um novo concorrente em seu segmento de mercado, tente entender como o cenário vai ficar e adote maneiras de competir.

"O importante é gerar várias possibilidades de resultados", afirma Desai. "Isso garante que você considere todos os caminhos possíveis e evite fazer adivinhações na hora de tomar uma decisão."

"Se você tiver estudando bem o caso e tiver levado em consideração todos os aspectos necessários, é preciso se comprometer com o caminho escolhido", diz o consultor. "Tomar uma decisão sempre envolve riscos, mas você precisa saber superar situações em que duvida de si mesmo."

Saiba cair

Outro conselho importante: esteja disposto a fracassar. Antes de colocar sua ideia em prática, estabeleça parâmetros para medir seu sucesso e rever sua estratégia. "Não invista tempo e dinheiro em uma ideia ruim", afirma Desai. "Esteja disposto a admitir a derrota e saiba com antecedência como definir esse momento."

"Às vezes, um gerente não tem outra escolha senão ir por um caminho que pode atingir em cheio sua própria reputação, como um corte salarial ou uma série de demissões", aponta Michel Safars, professor de Estratégia e Política de Negócios na escola de administração e comércio HEC, em Paris.

Para ele, nessa hora, é fundamental demonstrar que a situação está sob controle, mesmo que a decisão a ser tomada seja algo que vá contra seus princípios pessoais. "O importante aqui não é ter as respostas a todo momento, mas sim ter um processo estabelecido para poder encontrar a solução", diz Safars.

Se sua empresa tem operações e alcance globais, tenha em mente o fato de que normas locais podem influenciar a tomada de decisões.

Após três anos tentando resolver os problemas de comunicação em sua divisão na Microsoft, Wahbe resolveu deixar a empresa e fundou a Highspot, que produz plataformas ligadas a atividades de vendas.

"Praticamente todas as empresas têm sofrido com esse tipo de problema, e acho que encontramos uma solução", conta Wahbe.

Mas nem sempre é necessário sair de uma empresa para resolver questões internas. Quase toda crise pode ser superada com estratégias espertas e uma disposição para saber fracassar.

Fonte: Eric Barton Da BBC Capital

Matriz

Rua Bernardo Mascarenhas, 1062
Galpão 103, Fábrica
Juiz de Fora – MG
CEP 36.080-001

Telefone (32) 3217-1322

Mande uma mensagem!

Filial

Rua Visconde de Uruguai, 480
8º andar Centro
Niterói – RJ
CEP 24.030-079

Telefone (21) 3559-7000

Mande uma mensagem!

Ultimas Noticias